11 agosto 2013

Papel

Há quem escreva quando se entende
Há quem escreva pra se entender

Balela dizer o que eu acho
Se daquilo que faço
também posso me perder.



Nenhum comentário:

Postar um comentário